Conjuntivite

Conjuntivite é a inflamação da conjuntiva (camada fina que recobre a parte interna das pálpebras e parte do globo ocular). Pode ser causada por vírus, bactérias, reações alérgicas, entre outros fatores. Sendo conjuntivite bacteriana e viral altamente contagiosas.

A conjuntivite pode afetar um ou ambos os olhos e é o diagnóstico mais provável para alguém com vermelhidão nos olhos e lacrimejamento excessivo. Podendo proporcionar ao enfermo complicações na abertura dos olhos afetados assim que o mesmo acordar.

Conjuntivite Bacteriana

Conjuntivite bacteriana normalmente causa vermelhidão na conjuntiva, inchaço das pálpebras e liberação de secreção mucupurulenta. Normalmente, os sintomas se desenvolvem primeiro em um olho, mas pode se espalhar para o outro olho dentro de alguns dias. Há bactérias como Chlamydia Trachomatis ou Moraxella que podem proporcionar pouca vermelhidão, mas causar uma conjuntivite persistente.

O tratamento errado da conjuntivite bacteriana pode tornar a bactéria causadora mais resistente, dificultando consideravelmente a cura.

Conjuntivite Viral

Conjuntivite viral é frequentemente associada com uma infecção do trato respiratório superior, como por exemplo um resfriado comum ou uma dor de garganta. Olhos afetados por pela conjuntivite viral normalmente apresentam os sintomas de lacrimejamento excessivo e coceira.  A infecção geralmente começa com um olho, mas podem se espalhar facilmente para o outro.

Conjuntivite Alérgica

A conjuntivite alérgica é a forma mais comum de alergia ocular. É relacionada à uma alergia que o paciente já possui. Em casos mais graves, nos quais a conjuntivite se torna crônica e não é tratada adequadamente, pode causar opacificação da córnea, ou até mesmo levar a cegueira. Esse tipo de alergia não é contagiosa como a conjuntivite viral e a bacteriana.

Prevenção

  • A melhor prevenção é a higiene. Lave sempre as suas mãos e seu rosto;
  • Não esfregue os olhos, principalmente se suas mãos não estiverem limpas;
  • Evite contato direto com pessoas que estejam com conjuntivite;
  • Nunca se auto diagnostique e muito menos se automedique; tratamentos errados podem agravar a conjuntivite.

Artigos indicados

X