Tumores Palpebrais

Tumor ocorre quando células saudáveis mudam e crescem descontroladamente, formando uma massa. Um tumor pode ser maligno ou benigno. Tumores malignos podem crescer e se espalhar para outras partes do corpo, podendo em casos mais avançados levar uma pessoa a óbto, também são chamados de câncer. Entretanro, tumores benignos podem crescer, mas não se espalham e não oferecem tanto risco a saúde da pessoa. Embora os riscos à saúde sejam diferentes entre tumores malignos e benignos, aparentemente eles são muito semelhantes e devem ser diagnosticados por um médico especialista.

Tumor palpebral é o termo geral para um tumor presente na pálpebra inferior ou superior.

Tumores Malignos

O Ceratoacantoma ou Queratoacantoma: O ceratoacantoma possui uma aparência de verruga, é rodeado por uma parede lisa de pele inflamada, e coberta por escamas de queratina e detritos. Pode crescer rapidamente, atingindo um tamanho grande dentro de dias ou semanas. O Ceratoacantoma é considerado de baixo risco, pois raramente apresenta metástase (espalhar para outros tecidos). Entretanto não deve ser ignorado.

Carcinoma Basocelular: O carcinoma basocelular é o tipo mais comum de câncer de pálpebra. Ele geralmente aparece na pálpebra inferior e ocorre mais freqüentemente em indivíduos com pele clara ou pálida. Assim como cerca de 80% dos cânceres de pele eles estão diretamente relacionados com a exposição ao sol.

Carcinoma Sebáceo: Ocorrendo principalmente para adultos acima de 45 anos. Carcinoma sebáceo é o segundo câncer de pálpebra mais comum. Pode começar a partir de glândulas meibomiana, essas glândulas produzem uma secreção gordurosa que se mistura à secreção lacrimal e auxiliam na lubrificação dos olhos. Mesmo não sendo tão comum, também pode começar a partir das glândulas de Zeis, que se encontram na base dos cílios. Carcinoma sebáceo está associada com a exposição à radiação, doença de Bowen, e síndroma de Muir-Torre. Um grande carcinoma sebáceo ou um que retorna depois de tratamento pode exigir a remoção cirúrgica do olho.

Carcinoma Espinocelular: Células escamosas compõem a maior parte da camada superior da epiderme (pele). O carcinoma espinocelular é muito menos comum do que o carcinoma basocelular, mas ele se comporta de forma mais agressiva e pode mais facilmente se espalhar para outros tecidos.

Melanoma: A camada mais profunda da epiderme contém células dispersas chamadas melanócitos, que produzem a melanina que gera a cor da pele. Melanoma começa nos melanócitos, e é o mais grave dos tipos de câncer de pele.

Tumores Benignos

Papiloma: Semelhante a uma verruga, o papiloma é um tumor benigno mais frequentemente encontrado em pessoas com mais de 30 anos, entretanto pode aparecer em pessoas de qualquer idade.

Queratose Seborreica: Normalmente encontrado em pessoas idosas. Possui aspecto descamativo, de verruga e coloração escura, tentendo para o marrom ou preto.

Precauções

Evite a exposição direta ao sol sem proteção adequada (protetor solar e óculos de sol de qualidade) e procure um médico rapidamente ao perceber algum sintoma. Quase todas as doenças são significativamente mais fáceis de serem tratadas quando diagnósticadas nos estágios iniciais.


Artigos indicados

X